Bom, eu já passei por isso, e hoje posso dizer que o meu olhar mudou bastante depois de uma aula sobre mudança de hábito. Estava em uma formação em Coaching Nutricional quando o professor titular da Escola de Educação Física e Esporte da USP, Prof. Dr. Lancha Junior, disse que podemos aproveitar as oportunidades ao longo do nosso dia a dia para nos movimentarmos. Fiquei com aquilo na cabeça e, logo quando saí do curso tinha que voltar de metrô para casa. Eu já tentava utilizar mais as escadas, mas confesso que o sentimento era mais de obrigação do que prazer. Quando saí dessa aula, cheguei no metrô, olhei as escadas e pensei: “Essa é uma boa oportunidade para movimentar meu corpo!”. Foi uma sensação muito boa, lembrei de músculos que eu nem lembrava que existiam.

Ao longo dos dias, notei que tinham várias oportunidades como essa, escada do prédio, do trabalho, do metrô, do shopping… uma infinidade de opções de exercício. E elas estavam logo ali, sem precisar de grandes esforços ou tempo extra para incluir na minha rotina.

Depois, pesquisando um pouco mais sobre o assunto, descobri que existe uma iniciativa mundial para as pessoas utilizarem as escadas e rampas ao invés de elevadores que chama “Dia Sem Elevador” ou “No Elevators Day”. Essa iniciativa começou em 2015 na Europa e teve sua 1ª edição no Brasil em 2018 organizada pelo SESC. Após 1 ano, várias empresas já estão aderindo a essa iniciativa para ajudar a incentivar seus colaboradores a se movimentarem mais.

QUER SABER COMO ESSA TROCA CONTRIBUI AINDA MAIS PARA SUA SAÚDE?

Existe uma unidade de medida que mensura quanto de energia gastamos para fazer uma determinada atividade, o MET. Quanto maior é esse número, mais energia demandamos do nosso corpo para fazer algo, em outras palavras, mais calorias utilizamos. Veja alguns exemplos na tabela abaixo:

Atividade Realizada MET
Ficar deitado/sentado em frente ao computador 1,0
Ficar de pé 2,5
Pilates 3,0
Descer escada/ Musculação 3,5
Subir escada/ Jogar Voley 4,0

Ou seja, descer escada equivale em gasto calórico a mesma coisa que fazer musculação e subir escada a jogar voley! Não estamos falando aqui sobre as adaptações e outros inúmeros benefícios para saúde que as essas atividades promovem, mas sim em como aproveitar coisas simples do nosso dia a dia como oportunidades para tornar nossa vida mais ativa ao invés de pensar a cada passo “em como é difícil mais um degrau pra subir”.

Além disso, dados fornecidos pelo SESC relatam que com 1 passo você movimenta 200 músculos e que subir 3 lances de escada equivale a 10 minutos de caminhada moderada! Vejam quantas boas notícias.

Que tal implementar no seu trabalho e desafiar seus amigos também nesse dia mundial sem elevador? Aproveite o dia 24 de abril e repense este hábito! Consegue não utilizar o elevador hoje?

 

Por Nutricionista Alessandra Carreiro

[re]descubra experiências e palestras na área de alimentação, saúde & bem-estar

www.agedu.com.br/palestras

https://www.linkedin.com/in/palestrantealessandracarreiro/