Nos dois últimos dias o ILSI Brasil promoveu o Workshop “Comunicação e Saúde na Mídia: Um Novo Tempo” reunindo cientistas e acadêmicos da área da saúde, jornalistas e representantes da indústria de alimentos com o objetivo de promover a discussão e lançar a revista Alimento e Equilíbrio.

Em muitos momentos a empatia foi substituída por julgamentos e acusações para todas as classes. Nutricionistas acusados de recriminar alguns alimentos/nutrientes, jornalistas com pautas ruins, matérias de revistas sensacionalistas e a propaganda exagerada de muitos produtos de baixa qualidade nutricional que a indústria oferece ao consumidor. Com toda a certeza a autocrítica ficou longe de cada categoria. Como todos sabemos, mesmo com todo respaldo da ciência, não existe uma verdade absoluta.

É necessário que o Profissional da Saúde pressione a indústria por alimentos com melhor qualidade nutricional. É utópico achar que todos (ou mesmo a maioria) dos alimentos processados fazem bem para a saúde humana. Também é injusto ignorar todo o esforço da tecnologia de alimentos para preservação de nutrientes de muitos alimentos. Nesta mesma linha precisamos da Mídia e dos Jornalistas para passar uma mensagem de qualidade para atingir um maior número de pessoas. Afinal, para quê serve a informação se não para ser compartilhada?

Depois destes dois dias um único desejo: mais diálogo. Que a indústria tenha um olhar um pouco mais de “saúde pública”, que os profissionais da saúde estejam abertos a conversar e que as pautas respeitem mais a saúde mental e valorizem a autoestima. A meu ver, ponderação continua sendo o melhor caminho para uma boa Qualidade de Vida!